Safra de cana no Centro-Sul tem produtividade similar à da safra passada; qualidade da matéria-prima é inferior, diz CTC

Cana

A produtividade média dos canaviais colhidos no mês de junho no Centro-Sul (77,5 ton/ha) se equipara à da safra passada (78 ton/ha), com variação menor que 1% em relação ao ano anterior.

No acumulado da safra, a produtividade da região também está bastante similar à observada no ciclo anterior, com variação negativa de aproximadamente 2% (76 ton/ha nesta safra, contra 77 ton/ha em 2021/2022).

Já a qualidade da matéria prima (ATR) colhida no mês de junho foi inferior em praticamente todas as regiões do Centro-Sul na comparação com 2021.

Na média, os canaviais da região estão com cerca de 5 quilos de ATR/ton a menos do que na safra passada, o que representa uma variação negativa de aproximadamente 4%.

No acumulado dos três meses de safra o resultado é bastante similar – redução da qualidade da matéria prima em praticamente todos os estados (130 kg/tc em 2021/2022 para 125 kg/tc nesta safra).

Os dados são do Boletim “De Olho na Safra”, elaborado pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC).

São José do Rio Preto

O destaque positivo é da região de São José do Rio Preto (SP), que registra ganho de produtividade de quase 7% no acumulado desta safra, em relação ao mesmo período de 2021/2022.

O bom resultado da região se deve ao maior volume de chuvas e da colheita de canaviais mais jovens. No acumulado da safra as canas de plantio de ano e meio representam quase 25% do total colhido na região.

Mato Grosso do Sul

O destaque negativo continua sendo de Mato Grosso do Sul, que teve retração de aproximadamente 20% na produtividade acumulada desta safra em relação à anterior.

A queda no rendimento se deve à falta de chuvas verificada entre novembro de 2021 e março deste ano, período de crescimento e desenvolvimento da cultura. Também é importante destacar que mais de 27% da cana total colhida no acumulado da safra foram canas acima de 5º corte, fator que também causa uma diminuição na produtividade.

Fonte: Site Notícias Agrícolas  | Data da publicação: 22/07/2022

Deixe uma resposta