Produtores de São Paulo trocam o feijão pela soja

Os produtores de feijão de São Paulo estão trocando a leguminosa pela soja. A principal motivação para isso foi a crise hídrica, que fez com que houvesse uma oferta menor do que o esperado até o fim do ano.

O cenário já era ruim para os produtores de feijão do sudoeste do estado e se agravou com a falta de chuvas do último ano. O resultado foi a redução da área plantada e produtividade. A estimativa do governo é de que, somando as três safras de 2020 e 2021, haja uma queda de 5,5% na colheita do feijão carioca.

O Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (Ibrafe) tem orientado os produtores a diversificar as variedades de feijão plantadas em São Paulo, o que permite que a cultura se torne mais lucrativa.

Saiba mais na reportagem completa, clicando aqui.

Fonte: Site Globo Rural | Data da publicação: 10/10/2021

Deixe uma resposta