OIC destaca em relatório mensal maior alta em 10 anos para o café e vê consumo em elevação

A Organização Internacional do Café (OIC) confirmou em seu último relatório que o preço de café atingiu o maior nível em 10 anos no mês de novembro. De acordo com o relatório, o indicador composto de preços da OIC atingiu 195,15 centavos de dólar por libra-peso.

Os dados mostram ainda que o valor atingido é de 7,5% mais alto quando comparado com outubro de 2021. Em relação a novembro de 2020 a alta foi de 77,9%. “Esses níveis de preços o ano cafeeiro de 2021/22 marca uma recuperação significativa e constante dos baixos níveis experimentados nos quatro anos cafeeiros anteriores”, afirma a OIC.

Em relação a produção no ciclo 2020/21, os números da OIC quase não apresentaram alterações, ficando em 169,64 milhões de sacas de 60kg. O número apresenta 0,4% em comparação com a temporada anterior. Já para o consumo mundial o cenário é positivo, com alta de 1,9% em relação a 2019/20, para 167,67 milhões de sacas. A OIC também indicou redução no superávit global de 2,487 milhões de sacas para 1,971 milhão de sacas de 60kg.

Fonte: Site Notícias Agrícolas | Data da publicação: 08/12/2021

Deixe uma resposta