FAESP Informa: Produtores de Soja devem ficar atentos para o cadastro obrigatório de Unidade Produtora-UP

Produtores de soja paulistas devem ficar atentos para o cadastro obrigatório de Unidade Produtora-UP, conforme previsto pelo Programa Nacional de Controle da Ferrugem Asiática da Soja. O produtor deve se cadastrar por meio do sistema GEDAVE da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

Quem ainda não é usuário desse sistema deve acessar a página www.defesa.agricultura.sp.gov.br/gedave/ para baixar o requerimento de acesso e seguir o passo a passo de como se cadastrar. O cadastro é importante para o monitoramento do “vazio sanitário”, período compreendido entre 15 de junho a 15 de setembro de cada ano em que é proibido manter nas lavouras plantas vivas de soja.

Já estamos no período do calendário de semeadura, que vai de 16/09 a 31/12 – a data de plantio deve ser informada até 15 dias após o término da semeadura. O vazio sanitário é crucial para evitar a expansão de focos de ferrugem asiática, uma das doenças que mais têm preocupado os produtores de soja.

O cadastramento é gratuito e um tutorial detalhado, assim como as normativas que regulam essas medidas, podem ser obtidas clicando aqui.

Fonte: Site Faesp Senar | Data da publicação: 28/09/2021

Deixe uma resposta