ESPAÇO HF: Desafios da cadeia de citros de mesa no Brasil

Portal Agro Credicitrus - Produção de Citros

A produção brasileira de citros de mesa está bem distribuída ao redor do País. Ainda que o estado de São Paulo ainda predomine em participação, outros estados têm crescido em importância no segmento. Na ABCM (Associação Brasileira de Citros de Mesa), temos atualmente 90 associados, distribuídos em seis estados do Brasil: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

A cadeia de citros de mesa tem enfrentado diversos desafios nos últimos anos, e que com certeza continuarão presentes nos próximos. Um ponto muito importante, e que foi bastante visível recentemente, é a questão climática. No estado de São Paulo, por exemplo, houve duas safras consecutivas (2020/21 e 2021/22) com predomínio de tempo seco, o que prejudicou o volume e a qualidade das laranjas. Neste último parâmetro, é importante lembrar que a cadeia de citros de mesa é ainda mais impactada do que o setor industrial, visto que em muitos casos, a fruta pode perder as características necessárias para atender ao mercado in natura.

Outro ponto que também está restringindo o volume e a qualidade dos citros de mesa é o greening. Além do seu impacto em produtividade e nos custos de produção, os reflexos também são sentidos no sabor das frutas, que em muitos casos não podem ser destinadas ao mercado doméstico.

Inclusive, no que diz respeito à qualidade, os supermercados (principalmente as grandes redes) estão cada vez mais exigentes – não apenas com relação a rastreabilidade e certificações, mas também quanto ao padrão das frutas, variedades e sabor. Neste sentido, tem aumentado significativamente o descarte de laranjas, reduzindo ainda mais o volume das que atingem o padrão necessário para o segmento de mesa.

Com estes e outros desafios presentes em nosso setor, cada vez mais a união entre os citricultores se faz necessária! Associe-se à ABCM e participe do 12º Dia do Citros de Mesa, no dia 1º de julho, quando será inaugurada oficialmente nossa sede no Centro de Citricultura Sylvio Moreira!

Antonio Carlos Simoneti é citricultor e presidente da ABCM (Associação Brasileira de Citros de Mesa). Ao lado de Jeferson Magário, da Conaban (Confederação Nacional dos Bananicultores), participará de um bate-papo no dia 23 de junho às 11h sobre o futuro da fruticultura brasileira. O debate ocorrerá na Sala do Produtor, na Hortitec, e será transmitido ao vivo em nosso canal no Youtube. Participe!

Fonte: Site HF Brasil | Data da publicação: 17/06/2022

Deixe uma resposta