Brasil deve propor nova lei para rastrear fornecedor indireto de gado, diz ministra

O governo brasileiro vai propor uma nova lei para rastrear fornecedores indiretos de gado no Brasil que vendem bovinos para produtores como JBS e Marfrig, uma vez que alguns pecuaristas são considerados como importante vetor para o desflorestamento.

Em uma entrevista com correspondentes estrangeiros nesta segunda-feira, a ministra Tereza Cristina afirmou que o atual sistema de rastreamento é ineficiente para acompanhar produtores em uma área que envolve 5 milhões de propriedades rurais.

Fonte: Site Notícias Agrícolas | Data da Publicação: 21/06/2021

Deixe uma resposta